Archive for the ‘ HQs ’ Category

A Obra

Mais uma música inspirando uma HQ, da minha parte 😀

Muito divertido isso de converter uma narrativa poética em imagens, ainda mais se tratando de um gênio como Chico Buarque. Sem mais delongas, “A Obra”:

14 - 1 14 - 2

Anúncios

Lanterna Gay

Fantástico e suas confusões…

Este é o lanterna gay… Alan Scott

O Lanterna Verde que é gay é o Alan Scoott – que apareceu nos quadrinhos pela primeira vez em 1940 (vejam a jogada da DC, nada honesta a meu ver). Vão resurgir com o cara depois de ANOS pra dizer que ele é homossexual… Sério véi. A DC poderia ter mais PEITO e colocar de vez o BATMAN pra se ao menos BI nessa história toda… xD

O Lanterna Verde dos cinemas é HAL JORDAN – Outra pessoa, obviamente. Há ainda o Lanterna que aparece na série animada da Liga da Justiça, o negro, que é John Stewart… Existem outros na tropa dos Lanterna Verde. Só pra diminuir a confusão por falta de informaçao…

A DC forçou a barra ressuscitando um lanterna “desconhecido” pra ser o personagem gay.

A MARVEL, por outro lado, foi mais “corajosa” e um integrante ATUAL dos x-men tá com casamento marcado com outro. Aí sim, me parece uma atitude mais verdadeira, afinal, o contexto desse posicionamento anti-homofobico (que é justissimo) e, em particular do presidente Obama apoiando o casamento gay, é atual.

Os quadrinhos sempre retrataram uma postura da sociedade em suas páginas, tanto quanto livros, cinema, tv… entao, assuntos assim certamente refletiriam nas páginas da HQs (mesmo de jeito tão forçado, como foi com a DC…). Só não é bom quando é tratado de forma tão alegórica e de alarde homérico como se fosse coisa que nunca ninguém viu… a chegada de um assunto desse em uma nova mídia nao significa influenciar outro publico, vejo o exato oposto, essa mídia é que fora influenciada pelo próprio público.

Batman e Robin… bem, o universo DC vai reiniciar, qm sabe agora… 😀

HQ Geni e o Zepelim – Página 1

Sei que seria uma empreitada até mesmo aquém do gênio Chico Buarque, mas minha admiração pelo trabalho dele e por essa música em particular (dentre tantas outras obras primas de igual importância) me inspirou em retomar inclusive as atividades do blog, reinalgurando as postagems em 2011 com essa nova HQ. Assim como a outra, postarei página a página, entretanto não garanto updates diários, mesmo que esteticamente a HQ parece apenas um rascunho, deixei-o propositadamente com essa aparência (pura experimentação).

Segue agora a página, leia o resto para ver (conteúdo pode vir a ser ofensivo para alguns, por isso está escondido)…

Continue lendo

O Mundo Do Contra

Nunca tinha lido Turma da Monica Jovem, comprei as ediçoes 29 e 30 a título de pesquisa… A Maurício de Souza Produções está com testes abertos para desenhistas, roteiristas e arte-finalistas, mas isso é outra história…

Voltando ao Mangá do Maurício (pois apesar da tentativa, eu reconheço nessas páginas 80% de Mauricio e 20% do que é mangá – e isso nao tira nenhum brilho da revista!) É uma história protagonizada pelo Do Contra, de 2 ediçoes.

Comecei  e comecei bem. Muito bem, posso dizer.

O roteiro com esse personagem é algo fora do comum (sempre foi, desde o surgimento dele na turminha). Agora com uma linguagem mais “livre”, o Do Contra explora pensamentos que vão além na verdade de apenas negar a tudo e remar contra a maré. Ele efetivamente cria isso como filosofia e se confronta com a dialética de suas escolhas. Entretanto sempre mantém suas convicções.

Como toda excelente idéia, a estória no fim parece simples, mas o desenrolar, com seus diálogos e caminhos são de tirar o chapéu e dão uma sensação de que acabara de fazer uma leitura tão excelente, que foi quase um êxtase.

É difícil comparar, e pode até ser exagero da minha parte, mas ao final dessa estória, me senti mais ou menos como no final do livro “O Mundo de Sofia” de Jostein Gaarder. Pelo fato de que meus horizontes se estenderam um pouco mais. Houve ganho de novas perspectivas, novas maneiras de olhar o mundo. De fato, o livro de Gaarder explora e desperta com muito mais eficiencia, enquanto que o mangá não chega com tanta força assim – mas certamente o faz. E imagino que com diferentes intensidades, de modo que, assim como o Do Contra, tem força inversamente proporcional: quanto menos mente aberta, mais efeito a estória fará.

Recomendado a todos os fãs de quadrinhos. Definitivamente.

HQ – Curiosidade Médica

Após uma busca no Scribd, me deparei com esse roteiro de Marcio Massula Jr (blog do autor: http://urobouro.blogspot.com/). De imediato me identifiquei com a forma e o conteúdo, era o tipo da coisa que eu costumo ler, ou mesmo escrever. E eu, de férias, resolvi desenha-lo, era curto mas interessante, e por 3 dias mergulhei nos desenhos durante as madrugadas (único horário que disponho pra isso, mesmo de férias :D).

Foi feito a bico de pena e nanquim. Digitalizei e adicionei os balões. Espero que gostem!

PDF de Passeio pelo Beco

Enfim, saiu!

AQUI está o link pra download do PDF da HQ do Passeio Pelo Beco. Agora é possível ler em outos lugares ^^.

Até a próxima.

HQ do conto “Passeio Pelo Beco” – Página 6

Olá pessoal. Para quem estava acompanhando a HQ, esta é a última página. Outras virão! É só aguardar. Breve o PDF.

Passeio Pelo Beco 6

Passeio Pelo Beco 6